Marketing de influência: como as estratégias podem beneficiar as marcas da saúde

Os influenciadores podem trazer eficiência para as campanhas de marketing digital das marcas da saúde garantindo maior confiabilidade e proximidade.

As empresas estão utilizando diversas estratégias para despertar e manter a atenção do consumidor nas marcas. Com a transformação digital acelerada pela pandemia, a dispersão em meio a uma grande quantidade de informações disponíveis nas redes faz com que as agências repensem as estratégias e modifiquem as ações de marketing para alcançar a audiência.

As mídias sociais hoje são uma excelente forma de contato entre as empresas e os consumidores. Além de construir canais proprietários bem estruturados nestas plataformas, as empresas contam com a possibilidade de trabalhar o marketing de influência, ou seja, pessoas reais com relevância para conectar diretamente as marcas e o público.

Mas, como as marcas de saúde podem se beneficiar de uma estratégia de marketing de influência? Construímos este artigo para revelar os benefícios e ações que podem ser adotadas pelas empresas da área da saúde. Entenda como funciona e os passos para construir uma estratégia de marketing de influência para o seu negócio.

  • Marketing de influência, o que é?
  • Quem são os influencers?
  • As opiniões reais e as marcas da saúde
  • Benefícios do uso do marketing de influência
  • As estratégias de marketing de influência na saúde

Marketing de influência, o que é?

O marketing de influência ou influencer marketing é uma estratégia que inclui produtores de conteúdo com capacidade de se conectar com um público específico. 

Muitas vezes, o processo funciona como em uma festa onde você apresenta um amigo seu para um conhecido. Ou seja, o influenciador apresenta a marca ao público e aproveita para reforçar pontos em comum entre os dois que dão sentido àquela nova conexão.

Quando incluímos influenciadores digitais em uma estratégia de divulgação de um produto ou serviço, aproximamos a marca de uma pessoa que tem afinidade com o nicho, ideias, postura, valores, etc. Essa aproximação facilita o entendimento do público final e mostra que a marca está alinhada a um estilo de vida/ comportamento específico.

A proximidade que os influenciadores digitais têm com o público pode ser fundamental para gerar valor e aumentar a confiabilidade da marca.

O importante é sempre mostrar ao público que a parceria foi feita entre marca e influenciador com viés publicitário, ou seja, deixando claro de que se trata de um acordo comercial. O público entende que o influenciador é contratado para falar sobre uma determinada marca e isso não prejudica a estratégia de forma alguma, já que os influenciadores são vistos como pessoas reais, próximas e conectadas, que dão a opinião deles quando de fato confiam no que estão indicando.

Quem são os chamados influencers?

Os influenciadores digitais, também conhecidos como influencers, são pessoas que têm forte presença nas redes sociais e outros veículos de comunicação e produzem conteúdo em um determinado segmento.

Os micro e nanoinfluenciadores podem ser uma excelente opção para as marcas da saúde. Isso porque, mesmo sem ter milhares de seguidores, eles são formadores de opinião e trazem um excelente engajamento com um pequeno público, bem específico, que pode ser de interesse da empresa.

Para ser um influenciador, a pessoa não precisa ter milhares de seguidores, ou seja, esses números não são suficientes para determinar o sucesso ou fracasso da ativação. 

O influenciador é avaliado também pelo engajamento que o público tem com o conteúdo que ele produz. Isso porque, as marcas identificam a oportunidade de “conversar” com os consumidores a partir dessas pessoas. 

Seja qual for o tamanho do influenciador ideal para a sua estratégia, é importante enxergá-los com respeito e profissionalismo. Muitos já atuam como verdadeiras empresas de mídia, produzindo conteúdo de qualidade e relevância nos mais variados segmentos como moda, maternidade, educação, finanças, saúde, entre outras áreas. 

Os influencers da saúde

Assim como as demais áreas, a saúde também elege influencers. Muitos artistas já foram garotos propaganda de marcas relacionadas à saúde em campanhas publicitárias utilizadas em outdoors, rádio e TV, por exemplo. 

Mas, com a transformação do cenário da comunicação e o crescimento das redes sociais, as experiências e relatos de pacientes e profissionais passaram a ganhar maior peso para os consumidores. 

Por isso, uma oportunidade de mercado para as marcas da saúde está diretamente relacionada aos microinfluenciadores, que são profissionais ou pessoas comuns que ganham espaço nas redes sociais ao falarem sobre questões de saúde, qualidade de vida e outros assuntos dentro do mesmo universo.

As opiniões reais e as marcas da saúde

As pessoas sempre foram suscetíveis às opiniões emitidas não só pelos famosos nas campanhas publicitárias da TV, mas também pelas indicações de amigos e outras pessoas reais. 

O que mudou nos últimos anos é a forma como os consumidores buscam as opiniões, já que a internet permite uma troca de informações mais rápidas, com indicações, fotos e vídeos que mostram as funcionalidades e os resultados de produtos ou serviços.

Os influenciadores agora não são mais apenas pessoas famosas. São aqueles que se destacam e que formam um grupo de seguidores engajados e dispostos a escutar os conselhos, opiniões e orientações para consumir produtos ou serviços.

As marcas da saúde

O marketing de influência é uma excelente estratégia para ganhar visibilidade e aumentar a confiança do público nas marcas da saúde.

Mas, para que a estratégia funcione, é preciso encontrar os influenciadores de marketing certos para cada tipo de marca da saúde, obedecendo os princípios éticos de orientação educativa.

As especificidades dos influenciadores da saúde

Um jeito de construir sua estratégia é olhar para os microinfluenciadores da área da saúde e encará-los como muito específicos, já que abordam assuntos de interesse de parcela específica do público. Neste cenário é relevante buscar influenciadores que sejam especialistas em diferentes áreas e, principalmente, que tenham um forte relacionamento com os seguidores.

Ainda tendo este formato em mente, é possível inserir na rotina desses influenciadores os serviços ou produtos da empresa de forma natural e de maneira que possam ser vistas de forma positiva pelos seguidores.

Nem sempre pagar milhões para um ex-BBB falar sobre bem-estar pode ser a melhor saída para uma marca (mas para outras, pode!). O importante é criar uma publicidade longe de ser vazia para, acertadamente, engajar da forma desejada com o público. 

Os benefícios do uso do marketing de influência

O uso do marketing de influência é uma ferramenta importante para a estratégia digital. Isso porque, por meio do influenciador é utilizada uma voz reconhecida pelo público para transmitir informações que influenciam na jornada de compra do cliente de forma favorável para a marca.

Mas, por que vale a pena investir em marketing de influência? Confira alguns benefícios da utilização dessa ferramenta.

Resultados

O uso de marketing de influência reflete diretamente nos números de clientes qualificados que se tornam clientes da marca. Isso porque, a confiabilidade dos influencers e o diálogo com os consumidores reduz o tempo de jornada de compra, já que a opinião desses influenciadores impacta a tomada de decisão. 

Construção de parcerias

Construa parcerias com influenciadores que estão em crescimento, assim será possível produzir conteúdo de qualidade que conecte o público e fortaleça o valor da marca e o conceito sobre o influencer escolhido.

Conquiste novos públicos

A estratégia de marketing de influência é uma excelente ferramenta para captar novos clientes. Afinal, os influenciadores trazem consigo novos seguidores, que podem se interessar pela sua marca. Ou seja, é possível sim conquistar novos públicos a partir da audiência do influenciador.

As estratégias do marketing de influência na saúde

Alguns passos devem ser seguidos para construir uma estratégia de marketing de influência que traga resultados para os negócios na área da saúde. Confira o que é preciso para determinar as ações.

1. Objetivos claros

É preciso clarificar os objetivos que a marca está buscando ao contratar um influenciador digital para divulgar os produtos e serviços da empresa. 

Não esqueça de definir investimentos e a forma como será realizada a parceria com o influenciador. 

2. Entenda o público-alvo

Quando o assunto é saúde, em vez de concentrar os investimentos no número de seguidores, é importante entender a persona que se pretende atingir.

3. Atenção ao influenciador

Busque as referências que têm proximidade com a área de atuação da sua empresa, tomando cuidado em pensar na linguagem e no formato alinhados a sua marca.

É importante entender qual a impressão que o influencer passa para os seguidores e avaliar se essa é a postura ideal para atrelar a sua marca.

4. Planejamento de ações

O marketing de influenciadores não é um acaso. Todas as ações devem fazer parte de uma estratégia definida pela empresa para alcançar o público e dialogar com os consumidores da maneira ideal para o seu negócio.

Estruture com o influenciador como serão as ações e quais os tipos de conteúdo serão produzidos para conseguir a atenção dos consumidores.

Mas, mesmo seguindo um plano de ações dentro da estratégia da sua empresa, não limite a criatividade do influenciador. Ele foi contratado justamente por ser quem é.

Exemplos de marketing de influência

Alguns influenciadores da área da saúde podem ter chegado até esse posto pela carreira que escolheram, como médicos e profissionais da saúde, podem ser especialistas, como jornalistas, ou até mesmo pessoas com histórias de vida singulares. 

Um exemplo é a influenciadora Barby Ingle, uma jovem americana que se tornou influencer ao se comunicar com os seguidores sobre a sua doença grave, desenvolvida depois de um acidente de carro acontecido há 15 anos.

No Brasil, alguns exemplos de médicos especialistas que são referências de influência nas redes sociais são a Dra Ana Escobar e o Dr. Dráuzio Varella.

O Dr. Drauzio conta com mais de um milhão de seguidores, com alto número de engajamento e aborda desde assuntos ligados à Medicina até questões sociais. Já a Dra. Ana Escobar, tem cerca de 550 mil seguidores e aborda questões cotidianas de saúde de uma forma didática e popular. 

Conclusão

O marketing de influência é uma estratégia que pode potencializar o retorno sobre o investimento das marcas de saúde, além de aumentar o destaque e valor dos produtos e serviços oferecidos pela empresa.

Por isso, esta deve ser uma estratégia considerada para compor as ações de marketing digital das empresas de saúde, fortalecendo o brand awareness, criando um estilo de vida alinhado à marca e despertando o interesse do público sobre as ações da empresa.Quer saber como desenvolver uma estratégia de marketing de influência para sua marca? Entre em contato conosco!

Compartilhar

Facebook
LinkedIn
Twitter
Pinterest
WhatsApp

deixe seu comentário

posts relacionados